O marketing é um conceito bastante amplo, mas, que, em resumo, pode ser definido como a relação entre a sua empresa e o consumidor. Você (ou a sua equipe de marketing), por meio de estratégias e técnicas, vai gerar valor para o seu negócio, para o seu produto ou para a sua ideia, trazendo o consumidor para pertinho – fidelizando-o e fazendo com que ele confie em você ou no que você está oferecendo.

Como funciona

Há maneiras diferentes de se “fazer marketing” e é aí que entra o inbound, que tem um objetivo principal diferente do marketing com que estamos acostumados a ver por aí, que parte da empresa em direção ao consumidor. No inbound é o seu consumidor quem vai até você por meio de pesquisas, especialmente online. Seu foco nesse tipo de técnica não é vender, mas, sim, ajudar, aconselhar, gerar confiança e, então, vender.

Qual é o público

O público, então, muda de figura, porque ele não é amplo: os nichos são menores e as necessidades são mais específicas. É aqui que entram as chamadas “personas” – que são pessoas fictícias que a sua marca vai criar para exemplificar quem poderia estar no seu público, qual a idade, o que faz, quais são seus hobbies… Você dá cara e nome (literalmente) à sua audiência e é a partir daí que você pode compreender melhor quem ela é e criar conteúdos específicos para ela. 

É importante ressaltar que essas personas devem ser feitas com base em dados, estatísticas e mapeamentos. As fontes que vêm da nossa cabeça podem não ser tão úteis, porque é muito provável que essa persona não tenha nada a ver conosco.

Conteúdo de qualidade

Conteúdo é a chave do inbound marketing. Para que as pessoas encontrem você ou o seu serviço, você deve oferecer a elas algo para procurar, seja uma solução para o problema que elas estão enfrentando ou maneiras de lidar com aquilo. Os conteúdos podem variar de acordo com a fase da jornada em que o consumidor se encontra (vamos explicar melhor no próximo tópico).

Jornada do consumidor

As fases do consumidor antes de comprar o seu produto ou de se fidelizar à sua empresa são inseridas em algo que chamamos de “jornada”. Há três fases: a consciência (quando a persona quer aprender ou resolver alguma coisa); a consideração (quando ela entende o seu problema); e a decisão (quando ela decide de que maneira vai resolver o seu problema). Os conteúdos vão se tornando mais densos em cada uma dessas fases, de acordo com a necessidade atual de cada persona.

Inbound marketing é um assunto extenso, né?! Se quiser saber mais para implementar uma estratégia em sua empresa, entre em contato com a gente e saiba mais.

Ou, nos ligue: (45) 3039-5151

Share This